Pão da Sophie

Dietas Ricas em Proteínas

Faz algum tempo que estou para escrever sobre o tema, pois seres maravilhosos (músicos) da minha volta vieram comprar comidinhas que faço, e me comentaram que estavam experimentando a tal da dieta paleo para emagrecer, disseram.

paleo

Não consegui conter minha surpresa e desaprovação, mas na hora, só resumi dizendo que não era o melhor caminho para a saúde deles. Prometi de me extender mais sobre o tema. Aqui está então minha resposta mais detalhada.

VAMOS ENTENDER

Proteínas são formadas por aminoácido encadeados, que por sua vez são feitos de carbono, hidrogênio, oxigênio, muito nitrogênio, fósforo, enxofre e ferro. O corpo não consegue utilizar a estrutura proteíca como combustível. Ele tem que fazer um processo digestivo extenso para isso. Aminoácidos são utilizados em vários processos como consertos, criação de novas estruturas, sistema imunológico. Também agem como transportadores, além de muitas outras funções.

Quando proteínas são digeridas, vários subprodutos aparecem, além dos aminoácidos, tem água, ácidos graxos, mas também tem vários subprodutos tóxicos: componentes de nitrogênio (nitratos), purinas, pirimidinas, ácido úrico, ácido fosfórico, ácido sulfúrico, ácidos glucogénicos, ácidos ketogénicos, dióxido de carbono…

Sabia que conforme o pH do ambiente, os nutrientes comportam-se diferente? Aham!

Num ambiente alcalino, aminoácidos tornam-se agentes livres para crescimento, manutenção e conserto. Num ambiente ácido, eles tendem a ligar-se a minerais, metais e gorduras, piorando a condição já tóxica do ambiente. Cria uma perda de aminoácidos disponíveis, deixando o seu corpo carente de material de construção.

As nossas células, nossos órgãos e nossos organismos usam o mesmo combustível: é carbono e água. Não inventem.

Independente de escolhas, dietas são algo castrador que sempre botam o seu corpo em estado de alerta e de “armazenamento”, causando o efeito rebound (engordar depois de emagrecer). A curto prazo, a dieta paleo te fará perder água e consequentemente, perderá algum peso, mas o custo benefício é negativo sendo que sobrecarrega teu sistema excretor, rins principalmente e acaba com teu trato digestivo.

Carboidratos complexos refinados são vilãos mesmo, mas produtos animais são tanto quanto, sendo eles a causa principal das doenças coronárias e da degeneração do trato intestinal.

Os músculos gerados por essas dietas de proteína caem por terra quando começa a detox pois esses aminoácidos empilhados não são necessários para as funções do corpo. Além do mais, quando as proteínas estão quebradas para ser aproveitadas, cria ácidos sulfúrico e fosfórico (entre outros) que são altamente tóxicos para os tecidos. Queima os eletrólitos para converter esses ácidos em sais, este processo chama-se ionização, para neutralizar seus efeitos deletérios. Em comparação, os carboidratos e as gorduras criam ácidos lático e acético, que não são tão prejudiciais. Isso explica porque temos que repôr nossos eletrólitos todos os dias. Eu AMO água de coco por isso! Sinto quando preciso. Esses processos de ionização e de alcalinização são vitais se você quiser salvar seus rins.

Quem acaba com seus eletrólitos sem repôr acaba caindo na acidose pesada e geral, que pode levar a situações graves como convulsões, coma e óbito. O câncer e outras condições altamente ácidas requerem o uso de sódio e outros eletrólitos alcalinizantes em quantidades muito grandes. Mais um motivo para firmar nas frutas e nos vegetais.

As proteínas das carnes, dos laticínios, dos grãos, e dos ovos são altamente abrasivas para a mucosa do corpo. Cria uma resposta linfática e a produção de muito muco que vai preenchendo os tecidos e as cavidades corporais. Este muco vai se acumulando com as poteínas retidas no meio, e vai preenchendo as áreas intersticiais, e também os linfónodos linfáticos, as cavidades dos seios, cérebro, pulmões, etc. Espinhas, furúnculos e tumores são os resultados de tamanha congestão e acúmulo de material tóxico.

Nos últimos estágios de digestão das proteínas, produz-se ácido úrico, abrasivo e irritante, que inflama e danifica os tecidos. Os depósitos de ácido úrico podem criar artrite nas articulações e nos tecidos musculares. Ácido úrico é quem causa gota. É realmente isso que você quer para a sua vida? Eu não heim!

Quanto mais proteína você bota para dentro, mais trabalho você dá para seu sistema imunológico e você convida o reino dos PARASITAS para crescer todos dentro de você! Muitos parasitas incluindo os virus, as bactérias, e os grandãos como vermes se nutrem dos dejetos da digestão de proteínas. Não são culpados, são os limpadores da natureza, apenas fazem seu trabalinho aqui nesta terra. Quem está nutrindo eles (providenciando comida para eles dentro de seu corpo), é você!

Comer carne causa mau cheiro corporal por conta da carne em putrefação dentro da gente. A carne pode até ficar grudada nas paredes intestinais causando a degradação da nossa mucosa e das paredes intestinais junto com a carne. É importante relembrar que a putrefação transforma as proteínas nos seus subprodutos tóxicos.

Frutas e vegetais não causam odores corporais. Eu não uso desodorante há anos por conta disso, pois não sinto mais o mau cheiro que um café ou um prato de queijos franceses com pão branco e vinho causavam! ô sorte!

As proteínas são geradores de ácido e causam inflamação, podendo contribuir à destruição dos tecidos, que seria o oposto do motivo que nos faz comê-las em primeiro lugar!

Eu não estou dizendo que temos que evitar proteínas, apenas fique ciente das quantidades e da natureza das proteínas que escolhe ingerir. Uma alimentação rica em nozes, vegetais e frutas constrói um corpo forte e saudável, com profusão de aminoácidos.

Como eu já disse, o corpo não consegue utilizar proteínas provenientes da carne até que essas proteínas estejam decompostas em aminoácidos simples. Isso é possível, mas rouba uma energia tremenda ao corpo, somente para alcançar material de construção de segunda mão. As proteínas oriundas de vegetais são estruturas simples, que roubam bem menos energia ao corpo. As plantas são cheias de energia eletromagnética, que compensa a energia utilizada para processar as suas proteínas. Por um outro lado, a proteína da carne é muito mais complexa estruturalmente falando, e é eletricamente MORTA. Isso faz com que requeira um processo digestivo radical e extenso. Por conta de sua extraordinária acidez, o consumo de carne é ligado à incidência de câncer do cólon, que é o segundo maior câncer na América do Norte hoje em dia. Milhares de pessoas morrem a cada ano dos efeitos acumulados de comer dietas ricas em proteínas (a alimentação convencional se encaixa nesta descrição). E o pâncreas, o fígado e os rins apanham quando proteínas são consumidas em altas quantidades. Vinte a 40 g de proteínas por dia é muiiito, mas a maior parte das pessoas come 150 a 200 g por dia.

A ENERGIA DA CARNE

Dizem que é a carne que dá energia né?

paleo-caveman

Sabe de onde vem essa energia? Da adrenalina contida nela! É energia estimulada, não energia dinâmica. Se você for corajos@ e for encarar o que é um abatedouro, o medo que esses pobres animais sentem na hora de morrer faz eles produzir norepinefrina pelas suprarrenais, que é geralmente chamada de “adrenalina”. Essa norepinefrina é um neutrotransmissor, que estimula energia através o sistema nervoso via os tecidos do corpo. Por isso que ao comer carne, as pessoas dizem que sentem energia. No entanto, após passar anos comendo carne cheia de adrenalina, você se depara com suas suprarrenais enfraquecidas e pregiçosas em produzir seus próprios neurotransmissores. Daqui a pouco, você percebe que está com pressão baixa. E a gente vem repassando essa genética enfraquecida para nossos filhos ainda, fazendo com que nossos filhos sofram mais de doenças neurodegenerativas como esclerose múltipla, Parkinson, e outras fraquezas decorrentes desta falta crônica de neurotransmissores.

Pressão alta também pode ser o resultado de suprarrenais fracas. Quando elas ficam fracas, a gente pode começar a não ter os esteróides adequados (os nossos anti-inflamatórios) produzidos, pois a carne sendo muito ácida, causa muita inflamação.

Ai, o corpo faz o quê? Ele usa o colesterol então no lugar dos esteróides onde há inflamação. Tadaaa ! Pronto! Agora, estamos com problema maior, pois lipídios (colesterol é lipídico por natureza) tendem a grudar juntos e formar placa dentro e por cima dos tecidos em ambiente ácido.

Ah! Esqueci de falar da energia proveniente dos hormônios de crescimento que metem nas vacas e outros “bichos-comida” para acelerar o crescimento deles.

Mas a energia deve ser dinâmica ou celular, e não criada por estimulantes.

fruitarian-bb

A energia dinâmica provem de alimentos crus de origem vegetal, onde alcalinização, eletricidade e eletrólitos, aminoácidos, e os componentes e complexos sinergísticos (vitaminas, minerais etc) são encontrados.

BORA ACORDAR

Chegou a hora de parar com o consumo tóxico de produtos animais, que além de ser tóxicos por natureza, são repletos de hormônios tóxicos, antibióticos e químicos, que fazem com quê hoje são bombas armadas dentro da gente.

Podemos sair da degradação e da toxicidade e curtir a vitalidade e a limpeza incrível que uma dieta baseada em frutas e vegetais fornece. Uma dieta dessa destrói as correntes da raiva e do desespero, nós livrando de um peso horroroso, nos levando rumo à luz e à vibração sutilizada da saúde.

Experimente ficar SEIS SEMANAS sem produtos animais para você ver uma coisa. É uma coisa ler algo sobre o tema, é outra coisa SENTIR na pele!

Toda vida transmuta elementos e componentes em outros elementos e componentes, a comunidade científica já sacou isso. O seu corpo pode e cria aminoácidos a partir de carboidratos e gorduras. O seu corpo usa os constituintes de sua comida, especialmente aqueles  que são biologicamente adequados para você, para se manter e se regenerar.

A Natureza sempre terá mil e um mistérios para nos divertir e confundir. A nossa mente é aquele programa de computador, que fica processando indefinidamente, fazendo com que a nossa alma fique focada nesta “realidade” da matéria aqui. Brincamos dizendo que a mente, além de ser aquela bicicletinha desenfreada, é um buscador de Deus (ou fonte, ou chama isso como você quiser), que está sempre na busca da verdade, sendo que a mesma está sempre na cara dela. A mente intelectualiza e gosta de decompor as coisas para ver de que são feitas. A alma já sabe de que são feitas as coisas.

Livre-se de sua mente e aproveite a simplicidade da Natureza e de Deus. Livrará você de muita energia desperdiçada.

DIETAS DE PROTEÍNA PODEM MATAR

Pesquisas realizadas por instituições de educação de top de linha tais como a Universidade de Harvard mostraram inúmeras vezes que a proteína da carne é tóxica para nos quando é absorvida através a parede intestinal.

Bom, para quem não ficou muito claro, segue resumidamente os motivos já mencionados acima pelos quais deveriamos evitar a carne e as dietas ricas em proteínas:

* a estrutura de proteína não é utilizável pelo corpo, e deve ser quebrada nos seus mais simples componentes, chamados aminoácidos antes que o corpo possa utilizá-la. Este processo requer energia, ao invés de fornecer energia.

* muitos ácidos são criados durante a digestão e a metabolização das proteínas, inclusive o ácido úrico (que cria gota), o ácido fosfórico, o ácido sulfúrico. Esses ácidos são irritantes e inflamatórios para os tecidos. Eles podem estimular respostas nervosas levando à hiperatividade dos tecidos.

* proteína é um componente de nitrogênio, riquíssimo em fórforo, que, quando consumido em grandes quantidades, esgota as nossas reservas de cálcio e outros eletrólitos no corpo.

* proteína formam ácido, baixando o equilíbrio do pH no corpo. Isso causa inflamação e fraqueza dos tecidos, levando eles à morte.

* Proteínas NÃO são utilizadas como combustível pelo corpo. Elas são blocos de construção e podem atuar como transportadoras. Quando as proteínas são quebradas pela digestão em aminoácidos, sua função principal torna-se crescimento e reparo dos tecidos (em ambiente alcalino apenas). Açúcares simples são os combustíveis principais para o corpo, além do oxigênio.

Quando tentamos perder peso queimando proteínas como combustível, isso causa a degradação da gordura. Também causa a degradação dos tecidos. Você pode destruir tecidos do fígado, do pâncreas, e dos rins queimando seus blocos de construção ao invés de usar os combustíveis adequados.

* Nas pessoas que têm suprarrenais fracas (entendam: hoje é quase todos nos !), uma dieta rica em proteínas faz com que o fígado dela produza muito colesterol, que começa a formar placa através todo o seu corpo, especialmente no sistema vascular, no fígado e nos rins. A formação das pedras no fígado e na vesícula também começa ai.

* As proteínas animais apodrecem no corpo causando mau cheiro corporal. Esta putrefação causa um acúmulo de toxinas no intestino e nos tecidos do corpo, tanto intersticiais como intracelulares. Não somente cria uma base para os parasitas crescer, mas esta acidez cria inflamação, que bloquea a respiração celular, causando morte celular.

* Alto consumo de proteínas não é adequado para nossa espécie, pois não condiz com a nossa fisiologia.

* A produção de animais (criação) como fonte de comida para o ser humano, tem devastado a gente economicamente, ambientalmente e espiritualmente. Estamos destruindo as nossas florestas e terras para criar pastos. Isso destrói o nosso planeta de várias maneiras. Afeta a produção de oxigênio tão vital para nossa sobrevivência, diminui a proteção contra o calor, destróia beleza, promove a erosão, limita a criação de fazenda de frutas e vegetais, aumenta a produção de subprodutos tóxicos de animais, rouba o nosso solo fértil e os nossos níveis de oxigênio por conta da produção extensiva de grãos e detona os hábitats naturais. Gastamos milhões de hectares para produzir toneladas de grãos para nutrir gados e outros animais, gastamos toda nossa água potável e poluimos o que sobra. É… Realmente, não soa como a melhor idéia do mundo…

* Dietas ricas em proteína contêm quantidades excessivas de norepinefrina (ou adrenalina)  e criam agressividade, raiva e falha das suprarrenais nos seres humanos que consomem essas comidas.

* A carne foi comprovadamente culpada por causar câncer intestinal. É suspeita para os cânceres do figado e do pâncreas também. Este esgoto de toxinas acumulada no sistema linfático é provavelmente a causa raiz dos linfomas também.

* As sociedades que comem muita carne têm uma duração de vida muito curta. Um exemplo concreto disso são os inuítes no Norte do Canadá e da Alasca, cuja esperança de vida é de aproximadamente 50 anos.

* A carne não é nada mais do que celulas morrendo ou já mortas, dentro de um poço de sangue parado em putrefação. E os seres humanos chamam isso de “boa nutrição”. Aham.

* A carne estimula, irrita e inflama os órgãos sexuais, especialmente a próstata, levando à prostatite.

* A carne de animal consumida hoje é lotada de hormônios de crescimento, antibióticos, pesticidas, herbicidas, dejetos nucleares, altos níveis de adrenalina, e outros químicos tóxicos oriundos da poluição do ar e dos solos. Todos esses componentes são considerados carcinogênicos. Encontramos mais cânceres em vacas, porcos e frangos do que jamais antes. E os seres humanos comem eles. Alguns produtores de carne (fazendeiros) perderam sua integridade no nome de papel impresso (=dinheiro) e estão moendo animais doentes e morrendo para dar misturados na ração aos outros animais. Assim nasceram doenças como “vaca louca” e febre aftosa. Vacas são vegetarianas. Porcos também não são comedores de carne de verdade. Todo isso leva a acidose e doenças dentro deles, exatamente como dá nos seres humanos. Somos parecidos, minha gente! Mamíferos! Haja luz!

* Dietas ricas em proteínas abaixam os níveis de manganês no corpo, levando a espasmos, convulsões, e problemas com neutrotransmissores, problemas neuromusculares, doença de Parkinson…

* A carne é cheia de celulas sangüineas mortas, que são cheias de ferro. Acontece que quando é comido em grandes quantidades, o ferro é um mineral que pode tornar-se tóxico, expecialmente quando é oxidado (não é o caso do ferro das plantas).

A toxicidade do ferro no organismo cria uma série de reações no corpo, incluindo:

ferro

– Redução de cromo (necessário para o transporte da insulina)

– Redução de zinco (necessário para a produção de energia e de insulina)

– Danificação dos tecidos do fígado, pâncreas e rins

– Redução da quantidade, absorção e utilização do cálcio

– Aumenta os níveis de sódio, causando edema

– Aumenta os níveis de nitrogênio e fósforo (criando acidose)

– Redução dos níveis de manganês causando vertigens e problemas de equilíbrio

* Comer carne leva a pressão alta, devido à retenção de sódio e à coagulação dos lipídios.

* Comer carne enquanto suplementa com vitamina C aumenta a absorção do ferro, piorando o quadro de toxicidade

* Comer carne vermelha é ligado ao aumento de componentes nitrosos das bactérias intestinais, que pode causar câncer das paredes intestinais.

* Comer carne é conhecido por ser um dos principais motivos de degeneração dentária.

Vou parar por aqui. Isso é longe de ser uma lista exaustiva de todos os fatores que fazem com que dietas altas em proteínas são tão destrutivas para o ser humano.

Acorde para a vida, descubra como pode muito bem viver sem matar e comer cadáveres. Uso palavras chocantes para vocês sacarem o que estamos fazendo e o que a sociedade vende para você como “coisa normal”. Comer cadáveres NÃO é normal. A sociedade inteira decaindo e degenerando daquele jeito, também, não é normal. Crianças morrendo de cânceres, adultos jovens decompondo de mil e uma maneiras também não é normal. E eu não vou me acostumar. Vou lutar para esclarecer as consciências e guiar quem optou por viver BEM e FELIZ. Pois é possível!

Ame-se, ame o seu corpo, coma e use plantas, veja como seu cheiro muda, veja como sua saúde melhora, perceba a diferença em seus pensamentos, em sua relação com os outros seres humanos, com as crianças, com os animais, com as plantas e com as pedras. Tudo muda! E pro melhor!

Se eu for você que está pensando em comer a dieta paleo por ficar bonit@, eu optava por uma alimentação que é a mais alinhada com a fisiologia do meu corpo, e isso, pro resto da minha vida, com muita alegria e muito sabor na mesa.

A sua fisiologia pede frutas, folhas verdes, alguns brotos e nozes, basicamente.

Ai sim, vc vai enxugar de maneira duradoura, com muita energia, disposição. A cada dia que passa, você estará menos a fim de se entregar para as coisas que não prestam pois vai dar um basta nas suas colônias de parasitas que ficam regendo o seu apetite. Logo, você estará sutilizando todo seu organismo, perceberá a sutilização de todo seu quadro energêtico, seu poder de cura, sua leitura da energia dos outros, a qualidade dos seus pensamentos só irão aprimorar-se. É muito gostoso.

Torne-se crudivegano, coma comida viva para fazer você mal viv@ e curta a saúde plena! Você ficará muito mais feliz.

fruit

Estou aqui para ajudar. Quero vocês todos muito bem, pela vibe que sinto de vocês, por saber que estamos juntos, fabricando o ser humano da Quinta dimensão, e por tudo o que são. Enfim. Precisando, estou aqui, estudo sempre e cozinho sempre, coisas que fazem bem, pois quero curtir a experiência humana ao máximo pois é muito bela e esse planeta é o paraíso!

Um abraço do lado do coração! Seguimos conectados !

Anne-Sophie Bertrand
Me siga!
Últimos posts por Anne-Sophie Bertrand (exibir todos)
Compartilhe este Pão

2 comments

Deixe uma resposta

Seu carrinho

0

Nenhum produto ainda, visite nossa loja