Amora, mi Amore :)

Amoras brancas orgânicas desidratadas são tudo de bom!

Amoras brancas são raras, pois geralmente as frutas são brancas antes de estar maduras mas vão avermelhando com o passar do tempo. Elas têm de diferente que elas são muito mais doces do que as amoras vermelhas ou pretas. Elas são pouco ácidas e lembram o sabor do mel. As amoras brancas podem ser categorizadas de SUPER FOOD devido ao seu alto teor de vitamina C e de antocianinas. Ela é rica em proteína, rica em fibra e rica em micro-nutrientes, entre os quais: antioxidantes flavonoides, incluído o resveratrol, vitamina A, C, K, E e as vitaminas do complexo B, e alguns minerais importantes (ferro, potássio, magnésio e manganês). Usamos as folhas para tratar de problemas com o ciclo menstrual por exemplo.

Na China, elas são utilizadas com tônico sanguíneo e são usadas para tratar de problemas como fadiga, anemia e insônia. No Ocidente, as amoras brancas são muitas vezes utilizadas para ajudar a tratar o diabetes, problemas de colesterol alto, pressão arterial, resfriados e os sintomas associados a eles, dor muscular e de juntas, como artrite. Auxilia também na perda de peso, ajuda contra constipação, vertigens, zumbido de ouvido, perda de cabelo e branqueamento dos cabelos precoce. Uuuhuuu! Desde que conheço, sou fã! Uso direto!

Elas são ideais no preparo de sobremesas crudis, pois são magras e energéticas.

Se quiser comprar, entre em contato que tenho uma remessa enviada por minha mãe querida, provem de uma biocooperativa da minha cidade natal!!

Vai uma receita legal? Siiiiim !

Que tal um muesli delícia? (serve duas pessoas)

Ingredientes:

  • ¼ xícara de castanha do Pará
  • 1 xícara de água
  • ½ xícara de noz pecan, picadas grosseiramente
  • 1/41 xícara de coco desidratado ou ralado
  • ½ xícara de maçã, ralada
  • 1 colher de sopa de açúcar de coco
  • 1 colher de chá de canela em pó
  • Conteúdo de uma fava de baunilha
  • Pitada de sal marinho

E para polvilhar por cima:

  • ¼ xícara de amoras brancas desidratadas
  • 2 colheres de sopa de sementes de abóbora cruas e sem sal
  • 1 colher de sopa de cacau nibs
  • 2 ramos de hortelã fresca

Preparo:

  • Bater as castanhas do Pará e água por 30 segundos. Acrescentar os outros ingredientes, bater por 4 segundos.
  • Dividir a mistura em duas cumbucas. Acrescentar a segunda mistura et voilá!
  • Pode acrescentar bananas ou morango orgânico ou leite vegetal morninho ou os três! Kkkkk
  • Se preferir, acrescenta figos, gojiberries, maçã, uvas passas… As possibilidades são infinitas.

Fiquem quentinh@s ai. Aqui está um frio absurdo.

Um abraço do lado do coração procês

Compartilhe este Pão

Deixe uma resposta